Seg-Sex 8:00-18:00
Sab-Dom - fechado

Rua PH 6, 837 - Solange Park II, Goiânia - GO, 74484-304, Brasil

+55623928-3914Entre em contato conosco
Como funciona um toner | Comando Cartuchos -Compra e Venda de Toner
Como funciona um toner

Como funciona um toner

como-funciona-o-toner

17 Este processo envolve alta tecnologia e eficiência para a sua impressão. Confira!

O que é o Toner?

Toner é o nome dado à tinta utilizada nas impressoras à laser. Este pigmento vem armazenado em cartuchos de plástico com formatos específicos para cada impressora, e é uma tinta em pó. Estas substâncias são compostas de carbono em pó misturados com polímeros. O mais comum deles é o Estireno Acrilato Copolímero.

Há várias diferenças entre o funcionamento de uma impressora jato de tinta e uma impressora à laser. Os cartuchos das jato de tinta contém pigmentação líquida, enquanto os cartuchos de toner possuem seu conteúdo em um pó carregado positivamente com elétrons.

Como funciona a impressão com toner?

O processo de impressão a laser é bastante rápido e eficiente, mas complexo e muito moderno.

Os equipamentos de impressão possuem memória RAM e processador próprios. Estas unidades servem para receber e processar a imagem enviada por seu computador ou outro dispositivo. Uma vez analisada pelo processador da impressora, a imagem é traduzida para ser transmitida ao canhão de laser.

Este canhão destina feixes de laser ao cilindro fotorreceptor, que é carregado com energia eletrostática. Ao receber os flashes de luz do canhão laser, o cilindro fotorreceptor adquire carga negativa apenas nos pontos em que foi atingido pela luminosidade da impressora, que calcula exatamente as posições onde deve ou não incidir laser.

Toner usa elétrons para aderir ao papel

Após ser carregado eletricamente pela exposição ao laser, o cilindro fotorreceptor entra em contato com o papel em branco. Ao tocar a folha de papel, o cilindro da impressora carregada eletricamente com cargas negativas, e é nesse momento que o toner entrar em cena.

As partículas em pó do toner, carregadas positivamente, são despejadas sobre o papel, carregado negativamente. Os pólos opostos de energia presentes no toner e na folha fazem com que as partículas sejam fixadas exatamente sobre os pontos onde anteriormente incidiram os feixes de laser.

É como um ímã: onde o laser incidiu, o toner é atraído e adere à superfície da folha apenas nestes pontos. Onde o papel não é carregado, não há pólos opostos, e por isso o pó não utilizado permanece no cartucho.

Finalização da impressão

Para evitar que as partículas de pigmento em pó soltem da folha quando ela for descarregada de elétrons, o papel impresso passa por um dispositivo chamado fusor, que aquece a impressão a altas temperaturas apenas por uma fração de segundo. Neste processo, o toner derrete e gruda de vez na folha de papel, possibilitando uma impressão que dura para toda a vida.

Por mais que a impressão a laser seja complexa, a tecnologia das impressoras permite que todos estes processos aconteçam em menos de um segundo, dando agilidade e eficiência aos equipamentos de impressão.

Acesse nosso site e preencha um formulário para conhecer melhor as soluções que oferecemos a você e sua empresa!

Whatsapp